5 Ferramentas paras Dev que você deve experimentar em 2022

5 Ferramentas paras Dev que você deve experimentar em 2022

Os últimos dois anos mudaram a forma como trabalhamos não é mesmo? O início foi difícil, mas passados esse tempo já estamos acostumados a ambientes de trabalho remotos e esperamos que o mercado acompanhe o novo normal.

A demanda por melhorias de inovação e colaboração para equipes remotas (e equipes de desenvolvimento em particular) é provavelmente uma das tendências mais fortes que podemos observar atualmente no setor.

Neste breve post, reuni 5 ferramentas de desenvolvimento relativamente novas que recentemente estiveram no meu radar e acredito que tenham potencial para melhorar nosso fluxos de trabalho diário.

Git Live

🤕 Problema: Falta de ferramentas de comunicação feitas especificamente para desenvolvedores.
💡 Solução: GitLive irá fornecer uma ferramenta colaborativa em tempo real.

Se sua equipe utiliza o Git o GitLive é um caminho de aprimoramento do Git. Uma vez instalado ele adiciona uma visualização de equipe mostrando todo o trabalho em andamento para cada colaborador do seu repositório Git.

Qualquer branch não obsoleto à frente do master/main é considerado trabalho em andamento e você pode inspecionar as diferenças dos arquivos alterados, bem como visualizar o problema associado ou o pull request.

Mas meu recurso favorito é provavelmente a detecção automática de conflitos de mesclagem. A diferença entre suas alterações locais e o trabalho em andamento de seus colegas de equipe é mostrada para seu arquivo aberto atual na sarjeta do seu editor.

Ele mostra o tipo de alteração (adição, exclusão, modificação ou conflito) e você pode inspecioná-lo para ver o diff, de qual branch é e até escolher o seu arquivo local.

O GitLive pode ser muito útil para equipes maiores e especialmente útil para projetos de código aberto ou interno, pois esses recursos funcionam até mesmo em bifurcações. O que também é legal é que, como os dados vêm direto do Git, não há necessidade de entrada manual para mantê-los atualizados.

CodeSeeMaps

🤕 Problema: Base de códigos densa e complexa com pouca contribuição para o entendimento das funcionalidades.
💡 Solução: CodeSeeMaps é uma ferramenta que permite desenvolvedores mapearem visualmente sua base de código.

O CodeSee Maps fornece diagramas de código autogerados e que se atualizam de forma automática. Eles sincronizam sua base de código à medida que o código evolui para que você possa identificar rapidamente as dependências de código cruzado e navegar entre arquivos e pastas.

O CodeSeeMaps ajuda a melhorar sua compreensão da base de código e contribuir para a integração, o planejamento e as revisões. A ferramenta é voltada principalmente para desenvolvedores, mas é de grande valia para quem interage com a equipe.


Para começar a usar o CodeSee Maps, você precisará autorizar o CodeSee em sua conta de usuário do GitHub e, em seguida, instalar e autorizar a ação CodeSee Architecture Diagrams GitHub nos repositórios para os quais deseja criar mapas. No momento, eles suportam apenas o GitHub, mas o BitBucket e o GitLab estão no roadmap.

DeepSource

🤕 Problema: Revisão de Código demoradas e propensas a falha humana.
💡 Solução: DeeSource uma plataforma de análise estática, rápida e confiável.

O DeepSource é um analisador de código estático que pode ajudá-lo a automatizar as revisões de código e economizar muito tempo da sua equipe. Ele pode encontrar problemas na base de código e enviar PRs automaticamente para corrigi-los (e até avaliar o código recebido em PRs e corrigi-los também).

Os analisadores suportados incluem Docker, Java, JavaScript, Go, Python, Ruby, bem como PHP e SQL atualmente em beta. Ele se integra ao GitHub, GitLab e Bitbucket (auto-hospedado também está disponível).

Há também a possibilidade de utilizar no ambiente local. Como isso pode melhorar a maneira como sua equipe trabalha? O site deles afirmam que o uso da ferramenta pode economizar 3,8 horas em média por desenvolvedor a cada semana, então só você fazer as contas!

Appsmith

🤕 Problema: A necessidade de criar vários aplicativos CRUDS dentro de uma empresa e que é uma tarefa repetitiva e demorada.
💡 Solução: Um framework de código aberto para criar ferramentas internas.

Appsmith é descrito como “A ferramenta de interface gráfica do usuário para desenvolvedores ocupados” e realmente é isso! É ótimo para equipes que criam muitos aplicativos internos hospedados em sua própria infraestrutura.

Você pode criar facilmente painéis de administração, fluxos de trabalho e painéis de ótima aparência, arrastando e soltando widgets personalizáveis pré-criados. Você pode integrar com qualquer API REST ou GraphQL e usar JS ou uma biblioteca para criar lógica para seu aplicativo.

WayScript

🤕 Problema: configurar ferramentas e aplicativos internos consome muito tempo e mantém os desenvolvedores longe dos problemas reais que estão tentando resolver.
💡 Solução: WayScript — a maneira mais rápida de transformar seu código local em um aplicativo hospedado.

WayScript é um hub de desenvolvimento para ferramentas internas. Ele fornece contêineres pré-configurados nos quais você pode construir para que o código funcione com a infraestrutura existente de sua equipe.

Você pode configurar APIs rapidamente (o que tradicionalmente é uma tarefa longa, mas também obrigatória para clientes técnicos), servidores, tarefas cron, pontos de entrada personalizados, interfaces e muito mais.

Quando a ferramenta estiver pronta, você poderá implantá-la com um clique e enviá-la para sua equipe. Você pode usá-lo baixando o aplicativo local ou através do aplicativo da web.

Artigo fonte: 5 Dev Tools To Look Out For In 2022

Siga e compartilhe:
error

Deixe um comentário

Enter Captcha Here : *

Reload Image